O Município

O Nome Beberibe

Não há consenso quanto ao significado do topônimo. O certo é que Beberibe é um belíssimo município que agrada a todos.

Quanto ao topônimo "Beberibe", de origem indígena, há controvérsias quanto ao significado do nome. Alguns apontam que o sentido é "no rio que vai e vem", derivada de bibi-r-y-be, isto é, rio "cuja perenidade de curso depende da maré", conforme registra Márlio Pelosi Falcão. Em outras palavras: lugar que junta água (por causa da/conforme a maré). Se pensarmos a região de Beberibe pelos seus aspectos geográficos, com seus rios, riachos, baixios e centenas de lagoas, nada mais certo que pensar "lugar que junta água". Mas, não é tão simples assim.

Vários autores, muitas opiniões. Luís Caldas Tibiriçá, por exemplo, diz que o topônimo vem de yabebiribe, derivado, por sua vez, de jabebyr-y-pe e significando "no rio das arraias". Outra opinião, a mais conhecida, vem de Paulino Nogueira que aponta "beberibe" como resultante de viba (= cana) e pype (= lugar onde), significando "lugar onde cresce a cana" e que seria, também, o nome "de uma frutinha comestível, da cor e tamanho do murici" (seria a ubaia?). Silveira Bueno, por sua vez, aponta a origem em yabebiry, significando "rio empolado, onduloso". Já Eduardo Navarro, no seu Dicionário de tupi antigo, como L.C. Tibiriçá, aponta o topônimo "beberibe" como originado do termo tupi îabebyrype, que significa "no rio das arraias" (îabebyra, arraia + ‘y, rio + pe, em). Teodoro Fernandes Sampaio também corrobora esta última versão escrevendo yabebiry, donde yabebir (= arraia), por ya-pé-byra significando "o que tem a pele áspera ou pele de lixa", e y (= rio), mas também aponta a grafia bibiribe, "no rio que vai e vem", de bibi (= o que vai e vem), y (= rio), e pe ou be (= em).

O nome Beberibe pode ser uma referência às origens dos primeiros colonizadores da região, pois a capitania do Ceará passou muito tempo vinculada a Pernambuco. Beberibe é o nome de um rio que banha o Recife e dá nome a um bairro daquela metrópole e foi o nome escolhido por Brasiliano Ferreira de Araújo para registrar as suas terras. Em 1875, de uma área doada para a construção da igreja, surgiria um povoado (naquela época já conhecido pelo atual nome), hoje sede do Município. Por certo tempo, segundo algumas fontes, Beberibe recebeu o nome de Vila Real em decorrência da riqueza oriunda da cana-de-açúcar. Parte do seu território era conhecido, antes da chegada do homem branco, pela denominação de Uruanda. Os indígenas, entre eles os potyguara e os jenipapo-kanyndé, que deram nome ao território foram logo aculturados, extintos ou simplesmente expulsos. Segundo o ex-prefeito Benedito Evaristo Pinheiro (já falecido), os últimos índios de Beberibe foram apresados na Lagoa Achada e levados para o aldeamento de (São Sebastião da) Paupina, Mecejana (Messejana), um bairro de Fortaleza.

Beberibe já foi distrito de Cascavel com o nome de Lucas (como distrito, foi suprimido em 7 de julho de 1835 e anexado ao então distrito cascavelense de Sucatinga). A sua primeira autonomia política veio em 5 de julho de 1892 (hoje comemorada como a data de criação do Município), sendo instalado em 18 de setembro de 1893. Voltou a ser distrito de Cascavel em 1920, voltando a ser reinstalado (autonomia) em 21 de outubro de 1926. Cinco anos depois, em 20 de maio de 1931, novamente foi reduzido à condição de distrito de Cascavel. Foi restaurado como município em 22 de novembro de 1953 e instalado oficialmente a 25 de março de 1955. Nesta última autonomia conquistada merece destaque, dentre outros, o desembargador Boanerges de Queiroz Facó.

 

Deixe seu comentário

Prefeitura de Beberibe

LOCALIZAÇÃO

 Rua João Tomaz Ferreira, nº 42 Centro

  (85) 3338 2010 - (85) 3338 1234

 gabinete@beberibe.ce.gov.br

REDES SOCIAIS